O Psicomotricista Relacional

Cabe ao psicomotricista relacional decifrar a linguagem lúdico-corporal da criança. Não emitir juízo de valor, não reprimir, não culpar, não punir, apenas deixar que os sentimentos fluam, naturalmente, oportunizando a expressão simbólica, para que a criança possa, através do prazer de brincar, descarregar suas tensões e elaborar seus conflitos.

 

Quando uma criança não consegue se expressar, aparecem angústias e distúrbios psicossomáticos. Ela necessita de um espaço para exteriorizar sentimentos e emoções. A ordem é comunicação corporal e o Psicomotricista Relacional se posiciona como um parceiro simbólico na convivência com as crianças, permitindo-lhe decodificar as suas reações e as suas relações com a vida.

 

 

Sonia SampaioSonia Maria Victor Couceiro Sampaio

> Bacharel em Comunicação Social – Faculdade de Comunicação Social Hélio Alonso - RJ

> Especialista em Psicomotricidade Relacional – CIAR/FAP

> Membro da Associação Brasileira de Psicomotricidade Relacional - ABPR

> Terapeuta Holística (CRT 46438) com formação em Terapia CranioSacral e Liberação Somato Emocional, pelo Instituto Upledger Brasil, filiado ao Upledger Institute (EUA).

> Terapeuta Floral

> Membro do Sindicato dos Terapeutas - SINTE

> Facilitadora em Constelações Sistêmicas Familiares

  

 

 

 

 

 

Fone 43 9969-9883 | soniasampaio@psicomotricidaderelacional.com

Desenvolvido por eDivulga